Advertisements

Santos e a derrota de R$ 368 milhões

Decisão do CAS (em português, Corte Arbitral do Esporte), rejeitou pedido do Santos para ser indenizado em R$ 368 milhões por ter sido passado parar trás na transação de Neymar para o Barcelona.

A razão da negativa é simples: todo o procedimento, inclusive os que, evidentemente, lesaram os caixas do clube, foram autorizados por seus próprios dirigentes.

Eis ai a questão.

Se houve dolo – e, tudo indica, existiu – é dos cartolas que o ressarcimento precisa ser cobrado.

Não há notícia de movimentação a esse respeito.

LAOR, o presidente à época, já morreu, mas existem outros, ainda ativos politicamente no Peixe, que, se não assinaram os procedimentos, deles participaram, inclusive nos ganhos possivelmente não contabilizados adequadamente.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: