Advertisements
Anúncios

Desembargador ‘salva’ Paulo Garcia e ganha cargo na Comissão Eleitoral do Corinthians

Desembargador Ademir Benedito

Ontem (28), Antonio Goulart, presidente do Conselho Deliberativo do Corinthians, anunciou a composição da Comissão Eleitoral do clube, que será responsável pelo pleito a ser realizado em novembro.

Unilateralmente, sob a desculpa da pandemia, conforme revelou o Blog do Paulinho.

Os nomes escolhidos, aparentemente, justificam a necessidade de impedir a escolha colegiada (como sempre ocorreu no Parque São Jorge).

São eles: desembargador Ademir Benedito, Romeu Tuma Junior, Dalton Gioia, José Alves dos Santos Filho e Paulino Tritapepe Neto.

Em versão democrática das indicações, alguns deles, por razões obvias, seriam vetados pela maioria.

Para a composição dessa nova Comissão, se fez necessário correr com um processo protocolado pela anterior, que, travado há mais de dois anos (desde que o advogado Sergio Alvarenga ‘sentou’ nas reclamações), acusava o candidato Paulo Garcia, dono da Kalunga e irmão do empresário de jogadores Fernando Garcia, além doutros mais (André Negão, Eduardo Gaguinho Ferreira, Roberto Andrade e Eduardo Caggiano), de comprar votos na eleição de 2018.

Mesmo com escandaloso áudio, amplamente divulgado pela mídia, em que Antonio Rachid, braço direito do empresário foi flagrado ‘em ação’, além de recibo, fornecido pelo clube ao agente Carlos Leite, que alegou ter repassado dinheiro a Gaguinho, o presidente da Comissão de Ética de Disciplina, desembargador Ademir Benedito, coincidentemente indicado para a nova Comissão Eleitoral, decidiu, no último dia 25 de abril, arquivar o caso, sem que nenhum dos acusados fosse sequer chamado a fornecer explicações.

Em sua defesa alegou que a votação foi unânime.

Uma pizza à moda Andres Sanches, que é proximo de todos os beneficiados pela falta de julgamento.

A política do Corinthians, de fato, não é para iniciantes.


Abaixo, o áudio em que Antonio Rachid atua em favor de Paulo Garcia nas eleições corinthianas de 2018:


Confira o recibo do Corinthians, assinado também por Carlos Leite, dando conta de sobra do dinheiro, supostamente utilizado por Eduardo ‘Gaguinho’ Ferreira na compra de votos para Andres Sanches:

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: