Advertisements

Corinthians minimiza perda dos funcionários mais ricos e condena à fome os mais humildes

O Corinthians anunciou ontem, exatamente como adiantado pelo Blog do Paulinho, a redução salarial, temporária, de seus jogadores, na casa dos 25%.

Em verdade, parcela ínfima do montante, resguardado em contrato de imagem, que o clube não teve coragem de modificar.

Não houve decréscimo de valores nos pagamentos de comissionamentos, luvas e demais acréscimos salariais que costumam lambuzar, também, o bolso da cartolagem.

Enquanto isso, Andres Sanches manteve a redução salarial dos funcionários mais humildes entre 50% e 75%.

Talvez porque nesses casos os únicos bolsos atingidos seriam os dos mais pobres.

5% ou menos de redução salarial a mais dos atletas, certamente, seria capaz de suprir os gastos do clube com os mais necessitados.

Os jogadores seguiriam comendo e se vestindo com qualidade e os demais funcionários conseguiriam manter, ao menos, recursos básicos para subsistência.

É pouco provável que maioria dos atletas, boa parte de origem humilde, recusaria esse tipo de proposta, se explicada nesses moldes.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: