Advertisements

A covardia de Bandeira de Mello

Na última semana, o ex-presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, declarou que se ele fosse presidente do clube a tragédia que vitimou mais de uma dezena de jovens no Ninho do Urubu não teria acontecido.

Implicitamente, culpou os atuais mandatários pelo desastre.

Trata-se de imensa covardia.

Por mais que os atuais gestores tenham grande responsabilidade no episódio, por não checarem, adequadamente, as condições de segurança, foi Bandeira de Melo que deixou-lhes, como herança, toda a falta de estrutura do local em que ocorreu o incêndio.

Ambos os presidentes são culpados.

Nenhum deles teve coragem de comportar-se dignamente com as vítimas.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: