Advertisements

O tratamento de Corinthians e Atlético/MG com seus funcionários mais humildes

Na última quinta-feira (26), o Blog do Paulinho revelou que o Corinthians, a pretexto de equilibrar as finanças durante a pandemia do coronavírus, decidiu cortar benefícios de seus funcionários mais humildes.

O clube manteve, porém, o ganhos dos atletas de futebol, que recebem os maiores salários, garantindo, consequentemente, os percentuais de agentes e dirigentes associados.

Corinthians corta benefícios de trabalhadores mais humildes, mas mantém dos jogadores de futebol

Ontem (29), o Atlético/MG, com arrecadação muito menor do que a do Timão, mas também com problemas financeiros complicados, foi pelo sentido contrário.

O Galo reduziu em 25% os salários dos jogadores, comissão técnica e diretoria, mas manteve intacto os vencimentos de funcionários que recebem até, no máximo, R$ 5 mil mensais.

Um gesto de humanidade, digno dos mais rasgados elogios.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: