Advertisements

Amigos ‘tóxicos’

Da FOLHA

Por RUY CASTRO

Hoje, Bolsonaro quer distância de gente que o serviu tão bem nos velhos tempos

A família Bolsonaro sabe escolher os amigos. Eles não precisam ler Dostoievski, mas devem ter a ver com violência, crime, tráfico de influência, extorsão, contravenção, transações escusas, álibis mal explicados, sentenças judiciais suspeitas, destreza no gatilho e um quê de cafajestice musculosa.

Vide Adriano da Nóbrega, ex-capitão da PM prematuramente executado na Bahia neste domingo (9). Aos 43 anos, seu currículo incluía condenações por assassinato, intimidação de testemunhas, prestação de serviços de proteção a bicheiros, chefia das milícias de Rio das Pedras, comando de um grupo de assassinos profissionais e, no passado, agraciado pelos Bolsonaro com medalhas e menções honrosas. Se não tivesse sido morto, quem sabe a que alturas não chegaria?

Outros amigos da família, os também ex-PMs Ronnie Lessa e Élcio de Queiroz, são réus na morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, em 2018 —Ronnie, como autor dos tiros, e Élcio, por dirigir o carro da emboscada. Ronnie é vizinho de Bolsonaro num condomínio no Rio, mas isso só fala a favor do ecletismo do endereço: abriga tanto um presidente da República quanto um criminoso.

E há o impagável Fabrício Queiroz, ex-paraquedista, ex-PM (ninguém conhece mais ex-PMs que os Bolsonaro) e encarregado de contratar fantasmas para o gabinete do então deputado estadual Flávio Bolsonaro e recolher seus salários para posterior rachadinha com o chefe.

Durante anos, eles serviram à família com dedicação e às claras. Agora que Bolsonaro é presidente e poderiam gozar o poder, são obrigados a fugir, esconder-se —ficaram “tóxicos”. O próprio Bolsonaro quer vê-los longe, e está conseguindo. Adriano virou presunto; Ronnie e Élcio estão num presídio federal em Mossoró, RN; e Fabrício anda sumido, à espera de, segundo disse, “uma pica do tamanho de um cometa” na sua direção.

Advertisements

Facebook Comments

1 comentário em “Amigos ‘tóxicos’”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: