Advertisements

Calote do Corinthians em novos impostos atinge R$ 32,1 milhões

A dívida do Corinthians com a União, somente em impostos recentes (2019), é de exatos R$ R$ 32.168.247,97.

Destes, R$ 5.599.125,24 referem-se a pendências previdenciárias, ou seja, com grande possibilidade de ‘apropriação indébita’.

Os valores foram ocultados de recente balanço do clube, aprovado em reunião do Conselho.

Segundo o documento, que lista receitas e despesas alvinegras até a metade de 2019 (quando os calotes já eram vigentes), o Timão estaria devendo, ‘apenas’, R$ 7,2 milhões em tributos.

R$ 234,4 milhões (entre circulantes e não circulantes) estariam parcelados nos diversos planos governamentais ao longo dos anos (Profut, Timemania, etc.).

Evidencia-se, além da péssima gestão, a continuidade da política de sonegação, defendida pelo presidente Andres Sanches, mas instituída no Parque São Jorge pelo ex-diretor de finanças Raul Corrêa da Silva (continuada pelos subsequentes), com aval do então diretor jurídico Sérgio Alvarenga.

Por ela, quatro dirigentes alvinegros permanecem indiciados por crimes tributários na Justiça Federal (e assim ficarão até a quitação da despesa, que deve, obrigatoriamente, ser realizada sem atraso): Andres Sanches, Raul Corrêa da Silva, André Negão e Roberto Andrade.

Neste episódio, o Corinthians, além de assumir e parcelar as dívidas precisou emprestar, em condições adversas, mais de R$ 100 milhões de instituições bancárias para impedir o vexame da prisão de seus administradores.

O caos é gigantesco.

Voltando à pendência mais recente, esses R$ 32,1 milhões de calotes em impostos não estão parcelados e já são passíveis de execução, além de constarem, neste momento, no cadastro de ‘dívida ativa’ federal.

O que, por fim, tornam bem estranhos os recentes empréstimos realizados pelos bancos BMG e Daycoval ao Timão, que não possui nome na praça muito menos bens passíveis de penhora para garantir os pagamentos prometidos.


Abaixo o extrato da dívida de impostos recentes do Corinthians:

Dívida Previdenciária Valor total da dívida (R$)
37.347.299-4  5.599.125,24
Total:  5.599.125,24
Demais Impostos Valor total da dívida (R$)
80 2 19 116488-40  21.963.442,10
80 6 19 223939-29  2.217.226,67
80 7 19 071833-04  1.927.570,08
80 7 19 079046-48  207.583,86
80 6 19 255984-24  152.506,31
80 2 19 125355-00  80.083,79
80 6 19 223943-05  20.709,92
Total:  26.569.122,73
Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: