Advertisements

Empresa ligada a Leandro Quesada descumpre alvará e pode complicar a vida do Corinthians

A cada dia que passa, o estádio de Itaquera torna-se grande fonte de recursos para os amigos do presidente do Corinthians, Andres Sanches.

Na última semana, com direito a apresentação do diretor administrativo André Negão, o ex-presidente do Conselho Fiscal, Osmar Basílio, inaugurou um campus da sua Universidade Drummond, em plena Arena, com tratativas iniciadas quando ainda era responsável pela análise das contas da gestão alvinegra.

Uma verdadeira imoralidade política.

Em 27 de julho, o Blog do Paulinho revelou que a Vinci Brasil Comunicação & Marketing ltda, ligada ao jornalista Leandro Quesada, da FOX, próximo, notoriamente, ao presidente do Corinthians, Andres Sanches, foi a responsável pela organização do ‘Arraiá da Arena’, cobrando ingressos que chegavam a R$ 300 para uma lotação de 20 mil pessoas.

A empresa, antes, era conhecida como I10 Sports, e agenciava jogadores de futebol.

Para saber detalhes, confira a seguir:

Afilhado de Leandro Quesada vai se dar bem no Arraiá da Arena de Itaquera

Apesar da revelação dessa aproximação comercial (direta ou indireta), no mínimo, imoral, entre um jornalista esportivo e o objeto de seus comentários e ‘reportagens’, clube e empresa seguiram com a parceria.

Em setembro, a ‘Vinci Brasil’ organizou a festa ‘Evento Samba Arena’, realizada no estádio que o Corinthians utiliza como seu.

Hoje e amanhã teremos mais.

A turma do Quesada será a responsável pelo ‘Arena Mix – Samba Arena’, que anuncia nos principais sites de ingressos do país a venda de 20 mil entradas, com preços médios de R$ 200, mas que podem chegar até a R$ 1,3 mil no camarote ‘open bar’.

O nome do show, que remete ao ‘Mix’ da famosa balada ‘Villa Mix’, de propriedade de Andres Sanches, evidentemente, não deve ser mera coincidência.

Acolher a quantidade de público sugerida trata-se, porém, de flagrante irregularidade.

Segundo despacho da Prefeitura de São Paulo, a ‘Vinci’ mantém, para a realização do evento, o alvará nº 2019-0.043.931-6, que autoriza a realização da festa nos dias citados, mas com capacidade limitada a 5 mil pessoas, ou seja, 15 mil a menos do que está sendo comercializado.

Além da possibilidade de multa e interdição do estádio por conta da infração, o Corinthians correrá risco de, em ocorrendo incidente com mortos ou feridos, ter a vida ainda mais complicada judicialmente.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: