Advertisements

A imprensa unida em defesa das liberdades e dos direitos do cidadão

O Blog do Paulinho compareceu, ontem (09), no ‘Ato em defesa da liberdade de imprensa, do jornalismo e da democracia’, realizado na Faculdade de Direito da USP, no Largo São Francisco.

Foi um evento histórico.

O Governo Bolsonaro, além do ministro Sérgio Moro e seus capachos do MPF, liderados por Deltan Dallagnol, foram devidamente ‘homenageados’, a cada pausa, no meio dos discursos e na indignação da platéia.

Além das principais associações e sindicatos da profissão, estiveram presentes diversos nomes relevantes do jornalismo, como Juca Kfouri, Reinaldo Azevedo, Luis Nassif, entre tantos.

Compareceram, também, políticos e representantes de diversas minorias, todas sob risco diante de um Governo intolerante e segregador.

Coube a Glenn Greenwald, dono do ‘The Intercept Brasil’ (com toda a redação presente ao evento), o discurso final, num auditório absolutamente lotado que o aplaudiu de pé, longamente, do início ao fim.

Em sua fala, o norte-americano, tratando o ex-juiz Sérgio Moro como “corrupto” e “covarde”, deixou claro que, apesar das perseguições e ameaças, publicará até o último arquivo da ‘Vaza-Jato’:

“O material foi distribuído e está guardado em diversos países… podem matar os jornalistas que, ainda assim, será revelado”.

Poucas vezes se viu diversos setores da mídia, alguns conflitantes, unidos de maneira tão fervorosa, por conta de objetivo em comum: a luta pela liberdade de imprensa, mas também pela manutenção dos direitos e deveres de toda uma população, entre os quais a obediência à Constituição.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: