Advertisements

Duílio ‘do Bingo’ começa a se comportar como candidato a presidente do Corinthians

Antes relutante, por medo da exposição de sua vida de complicações pessoais (principalmente os processos ligados à jogatina), Duílio ‘do Bingo’ Monteiro Alves parece ter sido convencido – sabe-se lá a que termos – a assumir-se como postulante ao cargo de presidente do Corinthians, nas próximas eleições.

O bingueiro seria indicado como candidato de Andres Sanches, apesar de existir, ainda, a possibilidade da prometida composição com Paulo Garcia, dono da Kalunga.

Por enquanto, declaradamente, o Timão possui um candidatura, de oposição, com trabalho iniciado: a de Augusto Melo, o ‘Tio’, que em recente pleito compôs chapa na condição de vice-presidente de Roque Citadini.

Ao mostrar-se como candidato, Duílio mentiu e omitiu em entrevista ao Globo Esporte.

Sobre a dívida do Corinthians com a Odebrecht, o cartola disse:

“(…) tem as questões do estádio, o Andrés mais uma vez conseguiu uma negociação ótima, ele é um fenômeno”

Trata-se de clara mentira.

Não existe negociação fechada e o termo ‘fenômeno’, sugerido para Andres, que, em determinados assuntos, associou-se a Duílio, pode não se tratar, verdadeiramente, como demonstram deleções de executivos da construtora e ações na justiça federal por crimes diversos, de algo positivo.

Mas a declaração mais ‘cara-de-pau’ do bingueiro foi indicar a contratação de Alexandre Pato, um negócio realizado com objetivo de enriquecer intermediários e cartolas, meramente como ‘equívoco’.

O próprio Paulo Garcia, agora parceiro dessa gente, informado por seu irmão Fernando, agente de jogadores que foi chutado no negócio, revelou a dezenas de pessoas no Parque São Jorge, as peripécias de Duílio e sua trupe, neste ‘acordo’ realizado inteiramente no exterior.

Partindo dessas informações, o Blog do Paulinho realizou ampla investigação, que foi publicada, em 2015, com farta documentação, expondo detalhes, que merecem ser revistos, no link a seguir, para que os corinthianos saibam do que o filho de Adilson Monteiro Alves, ao lado do mentor Andres Sanches, foi capaz, ainda sem possuir o poder da caneta presidencial:

Detalhes (com documentos) da criminosa transferência de Alexandre Pato para o Corinthians

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: