Advertisements
Anúncios
Advertisements

Santos perde ação para torcedor após defesa deplorável na Justiça

No dia 22 de junho de 2011, o torcedor Erick da Cruz Nascimento assitia à vitória do Santos contra o Peñarol, por dois a um, pela Copa Libertadores, quando foi atingido por fogos de artificio ocasionadores de graves queimaduras em seu corpo.

Desde então procura reparação judicial.

Em defesa, o Peixe alegou que Erick era “torcedor organizado” e que, por conta disso, assumiu o risco de ser desrespeitado.

O deplorável argumento foi defenestrado pelo judiciário, que lembrou aos advogados do clube que “organizados” também pertencem à sociedade, resguardados pelos mesmo direitos e deveres comum a todos.

O Santos, além disso, sequer conseguiu comprovar a ligação de Erick com a torcida profissional.

Por conta disso, o Peixe foi condenado a pagar R$ 30 mil por danos morais, acrescidos de R$ 10 mil pelos danos estéticos, além das custas processuais.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: