Advertisements

Com a Bíblia embaixo do braço, Corinthians decidirá o Paulistinha contra o São Paulo

“O Corinthians não jogou com o regulamento embaixo do braço e sim com a Bíblia”, enviou por whatsapp ao Blog do Paulinho, logo após o término da semifinal do Paulistinha, o associado alvinegro Rolando Wholers, popular Ciborg.

Definição impecável do que aconteceu.

De um lado havia o Santos, jogando futebol ofensivo, determinado a buscar a vitória; do outro, um Timão acovardado, jogando como se fora o Juventus dos tempos de Buzzoni, rezando para um Ataliba, ainda Grená, surgir a lá Cristo Salvador, como ocorria, frequentemente, nas décadas de 70 e 80.

O Peixe merecia mais, mas conseguiu apenas, por conta de noite inspirada de Cássio, vencer pelo placar mínimo, levando a partida às penalidades, que tiveram vitória do Timão.

Agora, o Corinthians decidirá o Paulistinha contra um São Paulo em seu melhor momento neste ano, alicerçado numa garotada que, se mantida no elenco por algum tempo, poderá gerar muitas alegrias ao sofrido (quem diria !) torcedor tricolor.

Pelo futebol apresentado neste campeonato, o favoritismo seria do clube de Morumbi, apesar do Timão saber se defender como poucos, no melhor estilo Carille, jogando, ainda, o derradeiro embate na Arena de Itaquera.

A questão é: a tremedeira que atingiu as últimas gerações do São Paulo em partidas decisivas contra o Corinthians se repetirá nestas finais ?

Nenhuma descrição de foto disponível.

Advertisements

Facebook Comments

1 comentário em “Com a Bíblia embaixo do braço, Corinthians decidirá o Paulistinha contra o São Paulo”

  1. o Paulinho acho que você que mudar de opinião sobre o Cassio ele sempre si destacar na hora que time precisa olha eu também tenho o Ronaldo como ídolo quando era criança sempre que jogava futebol com meu irmão devido a minha deficiência física catava no gol cada defesa que fazia gritava Ronaldo mais só com Ronaldo pecava no temperamento onde era exepulso em momentos decisivos como na final do paulista de 93 contra o palmeiras na semi final do brasileiro do mesmo ano contra o santos o cassio ele sempre é protagonista em momentos decisivos assim como marcos virou santo no palmeiras Rogeiro virou o mito no são Paulo porque foram protagonista em decisão o que adianta ser igual o goleiro da Alemanha em 2002 fechou gol a copa inteira chegou na final falhou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: