Advertisements

Às portas de novo rebaixamento, Portuguesa vem sendo escalada por empresário, sócio do presidente Alexandre Barros

José Augusto Freire, Alexandre Barros e Arnaldo Faria de Sá

Última colocada da segunda-divisão de São Paulo, prestes a cair à Série C, a Portuguesa não tem mais treinador, porque Paulo Roberto não aceitou submeter-se aos desmandos da diretoria do clube.

Responsável por boa parte do pagamento dos salários dos atletas, o empresário José Augusto Freire, sócio do presidente Alexandre Barros na Feirinha da Madrugada (que está em litígio judicial), é quem, de fato, tem escalado a equipe.

O treinador foi impedido, em exemplo, de, na última partida, colocar em campo o jogador Rodrigo Villares para que permanecesse no gramado um “apadrinhado” do agente.

Em tempo: ontem, o Blog do Paulinho publicou bate-boca entre o narrador Paulo Sodate e o irmão de Barros, comentarista da “equipe Líder”, que tem o mandatário da Lusa como proprietário, pelo fato do primeiro criticar, publicamente, a equipe, que perdia mais uma partida do campeonato.

Resultado ?

Sodate foi demitido.

Comentarista, irmão do presidente da Lusa, se estressa com narrador que criticava o time

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: