Advertisements

O dia em que Jorge Kajuru teria levado um tapa na cara por roubar jornalista da BAND

Gilson Ribeiro

Indignado com o discurso moralista do agora senador Jorge Kajuru, o jornalista Gilson Ribeiro, ex-Band, desabafou em seu facebook:

“Kajuru! Na Itália dei um tapa na cara de um radialista falastrão, que não vale nada. Me furtou. Daria de novo na cara do Senador”

Instado a detalhar o episódio, Ribeiro não se acautelou:

“(…) para a Copa de 90, passei três meses, pois fui para lá um mês antes, pesquisando, coletando dados, pois tinha que contar tudo sobre Gubio…onde a seleção ficaria…e outras regiões”

“Não existia internet na época, o Colibri, o Osvaldo… junto com o Roberto Salim… eu acho… fizeram até um almanaque… que tenho pois o “bosta” me devolveu”

“Mais anotações… pois tinha que retratar tudo”

“Cheguei na Itália vinte dias antes da Copa… pois no avião só tinha eu e o câmera, o Jorge e o operador”

“O Comandante Vicente me colocou na Primeira Classe… na turística… sei lá… estava ele… pela rádio de Goiás”

“No embarque em Guarulhos nos encontramos, comentei com ele … sobre minha pesquisa… meu material… aí no voo …eu do lado de uma amiga que coincidente encontrei e levei para a primeira classe… ele surge e pede o material que estava na minha mochila… para anotar uns dados”

“Eu na quinta dose acima da humanidade, independente disso emprestaria, dei”

“Dormi… só que ele desceria antes, acho que Milão… sei que quando em Roma o procuro …Cadê?”

“Esqueceu o caralho! Levou… furtou!”

“Enlouqueci! Três meses de anotações e estudos. De cultura, geografia, todas as seleções… Não tinha Google, internet, cheguei em Gubbio, ainda bem que o Teti Alfonso, que estava comigo, tinha alugado carros e câmeras na Suíça que não chegaram… Fiquei cinco dias coçando o saco… só áudio tape… visitando os castelos… e pegando dados na “prefeitura” local… enfim”

“Sabia que ia encontrá-lo uma hora… foi no primeiro treino da seleção já em Asti, a sede, uma hora de Turim!”

“Cheguei batido e … pronto… no estilo Gilson Ribeiro favelado!”

“O repórter Antônio Maria Filho e o Manduka Nogueira que intermediaram… ele devolveu o Almanaque… o resto… prometeu… mas não estava interessado mais”

“Esqueceu porra nenhuma! Levou na cara dura! Se chama furto não…??”

“E um bosta! Histriônico… foi chapa do Telê Santana… do Datena… do Juca Kfouri (que, me parece, descobriu seu caráter)”

“Ameaçado de morte pois fala verdades…nada! Um bufão…um palhaço de quinta! E ponto final! Saravá”

O Blog do Paulinho, que conhece bem o comportamento de Jorge Kajuru, portanto, sabe do que ele é capaz, acredita no relato de Gilson Ribeiro.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: