Advertisements

Raí chegou ao limite no Tricolor

Ontem (13), dentre tantos vexames ocorridos na última década, o São Paulo atingiu o ápice após a vergonhosa eliminação na Copa Libertadores, durante a fase de pré-grupos, diante do fraquíssimo Talleres, da Argentina, o “Tolima” da vez.

Para superá-lo, somente o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, possibilidade que ronda a vida do clube nos últimos tempos.

Apenas demitir o treinador Jardine seria tão sem efeito quanto tomar aspirina infantil para curar forte enxaqueca.

O Tricolor precisa de mudanças radicais.

É pouco provável que a gestão do clube melhore nos próximos anos, diante da arcaica manutenção de sistema político que beneficia os cardeais de sempre, quando não incompetentes, ladrões, como exemplos recentes tem comprovado.

À curto prazo, a única alteração possível seria a troca do comando de futebol, com a saída de Raí, dono de um trabalho aquém das expectativas, muito em conta de ser vítima dessa gente, mas também pela falta de coragem de sobrepor-se ao sistema viciado, desde há muito, no Tricolor.

É pouco provável, a não ser por extrema incompetência ou cegueira, que o ídolo Tricolor não soubesse que ao trazer para sua gestão agentes de jogadores como Ricardo Rocha e Vagner Mancini, estaria inserindo sobre seus próprios pés a areia movediça que o inferniza.

São notórias as facilitações a alguns intermediários, entre os quais Fábio Mello, ex-atleta do clube, todos com fama de serem generosos com dirigentes.

Enquanto Leco ocupar a cadeira do Tricolor e seu sucessor for decidido pelos atuais conselheiros, todos mais preocupados com o poder do que em beneficiar o São Paulo, a sina de vexames de quem já foi tratado como “soberano” tende a ampliar-se a níveis que, talvez, não possam mais ser recuperados no futuro.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: