Advertisements

O desacordo com a CAIXA, a política do Corinthians e os R$ 136 milhões de dinheiro perdido

Roberto Andrade, Eduardo Caggiano, Andres Sanches e André Negão

Em fevereiro de 2016, o então presidente do Corinthians, Roberto Andrade, recusou-se a renovar patrocínio da CAIXA para a camisa alvinegra.

A proposta era de R$ 30 milhões anuais.

Contando os dez meses restantes do referido ano, além dos vinte quatro compreendidos em 2017 e 2018, o clube, sem acordo “master” desde então, deixou de receber R$ 85 milhões

Somente agora, em 2019, o Corinthians acertou-se com um banco menor, o mal-afamado BMG, para receber R$ 12 milhões anuais.

Em comparação com o proposto pela CAIXA, levando-se em conta o mesmo período anterior (34 meses), a receita será de apenas R$ 34 milhões, ou seja, uma depreciação de R$ 51 milhões.

É muito dinheiro (R$ 85 milhões+R$ 51 milhões=R$ 136 milhões) para ser dispensado em tão curto espaço de tempo (três anos).

Levando-se em consideração recente resposta da CAIXA ao MPF, em ação promovida pelo Blog do Paulinho, de que o banco não poderia fazer negócios com o clube se o atual presidente, Andres Sanches, à época da negativa do acordo ocupando função de superintendência Futebol, tivesse cargo efetivo no Corinthians (por conta de ser deputado federal), além da questão comercial, estranha, que levou uma agremiação notoriamente endividada a recusar tamanho montante de dinheiro, não é de se descartar a questão política.

Ou seja, a CAIXA pode ter sido afastada do Timão para atender a desejos do atual presidente (manter-se em cargo no futebol e também como postulante à presidência alvinegra), que não contava, porém, com a ineficiência de seu grupo, denominado “renovação e transparência”, para viabilizar novo parceiro comercial.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: