Advertisements

Justiça nega acesso aos dados de associados do Palmeiras a conselheiro do clube

No dia 09 de novembro, o conselheiro Genaro Marino Neto, então candidato oposicionista à presidência do Palmeiras, ingressou na Justiça com pedido de liminar para ter acesso à base de dados de associados do clube.

Alegou, com razão, que o atual presidente, Maurício Galliote, dela se utilizava para realizar sua campanha.

Em primeiro momento, a tutela foi concedida, mas, na sequência, revogada.

Passado o período eleitoral, Genaro insistiu no pedido, em reconsideração judicial, mas o juiz Swarai Cervone de Oliveira, da 36ª Vara Civil, por razões evidentes, negou-lhe o acesso:

“O único pedido do autor foi o de acesso aos dados dos associados do clube Palmeiras, para que pudesse fazer propaganda da sua chapa antes da ocorrência das eleições”

“Diante do fato de a eleição ter ocorrido no dia 24 de novembro de 2018, não há mais interesse processual, considerando que obter acesso aos dados dos associados não lhe traria mais nenhuma utilidade”

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: