Advertisements
Anúncios

Queiroz e Albert Einstein

O motorista Queiroz, mais conhecido vendedor de carros do Brasil, precisou pedir dinheiro emprestado ao então deputado federal Jair Bolsonaro, devolvendo, em parcelas, na conta da esposa Michele, que viria a ser tornar primeira dama do país.

Esta, pelo menos, é a versão divulgada à mídia pelo atual Presidente da República.

Nenhum dos três declarou a operação ao imposto de renda.

Convidado, mas, estranhamente, não intimado pelo MPF a depor sobre essa e outras estranhas movimentações financeiras (R$ 1,2 milhão no período de um ano – em média R$ 100 mil a cada 30 dias), Queiroz, que, oficialmente, ganhava R$ 8,5 mil mensais de salários, lotado no gabinete doutro Bolsonaro, o filho Flávio, está internado no hospital Albert Einstein, um dos mais caros deste país.

Até mesmo um plano de saúde que disponibilizasse esse tipo de cobertura – sempre o mais custoso, em todas as empresas – teria valores mensais incompatíveis com o rendimento comprovável do ex-assessor de Bolsonarinho.

Basta pegar por amostragem diversos donos de agências de automóveis (que devem vender bem mais do que o autônomo Queiróz – com a necessidade, ainda, de pagar Impostos sobre as operações comerciais) para verificar que muitos deles – a maioria – não é capaz de se internar com tamanho conforto.

Talvez Einstein (o gênio, não o hospital) pudesse desvendar o mistério de uma conta que ninguém consegue fechar.

Em tempo: Flavio Bolsonaro não compareceu, ontem, ao MPF, para prestar esclarecimentos sobre as movimentações atípicas de seu motorista, alegando ter recebido o “convite” apenas no dia 07 (três dias antes da data marcada), mas foi ao SBT (Sistema Bolsonaro de Televisão) dizer que não sabia e nem se importa com o que seu funcionário de gabinete faz fora do expediente.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: