Advertisements
Anúncios

Corinthians, suposta vítima, nunca investigou denuncia da “lava-jato” contra seus dirigentes

É de conhecimento público que a “Operação Lava-Jato” da Polícia Federal, investiga dirigentes do Corinthians, acusados de facilitar a vida da Odebrecht em troca de recebimento de propina.

Andres Sanches, Vicente Cândido e André Negão já foram citados por delatores, mas existem outros que, sem alarde, também estão sendo averiguados.

Vale lembrar que o ex-diretor de finanças, Raul Corrêa da Silva, assinou todos os contratos e aditivos do negócio, que teve participação ativa, também, do atual primeiro ministro, Luis Paulo Rosenberg, além de aval dos presidentes do período.

Apesar de ser tratado como vítima de uma quadrilha, estranhamente, o Corinthians nunca se mexeu para apurar, por si, a confusão.

Os dirigentes acusados, em estando “limpos”, deveriam fazê-lo para dissipar quaisquer suspeitas e o Conselho Deliberativo, por obrigação estatutária.

Porém, até o momento, nada, sequer um ofício, nem para pedir explicações, foi enviado a quem quer que seja (MPF, PF, etc).

O mais próximo que o clube chegou de “apurar” os fatos foi, timidamente, tocar no assunto em reunião, iniciativa que morreu após truculenta negativa dos envolvidos, convenientemente tratada como “verdade” pelos conselheiros.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: