Advertisements
Anúncios

Cai a máscara de Edu Gaspar na Seleção Brasileira

Edu Gaspar e Tite

Adepto de procedimentos e ligações comerciais, nos bastidores da bola, que, em qualquer empresa relevante do pais, inviabilizariam-no para o exercício do cargo de gestor, o diretor de seleções da CBF, Edu Gaspar, defendeu ontem, em entrevista à FOX, a convocação de jogadores que estiverem disputando partidas decisivas por seus clubes, no Brasil.

Pior, ameaçou os que ousarem pedir dispensa:

“O atleta tem o direito [de pedir para não ser convocado], mas nas futuras convocações, obviamente vai ser muito bem pensado se ele vai voltar a ser convocado ou não. Todos os atletas que são convocados vão de muito bom grado”

“(…) se um atleta diz que não quer jogar na Seleção Brasileira, ele não vai jogar na seleção”

Edu, que é ligado a quase todos os agentes de jogadores que possuem interesse em ter seus convocados na Seleção, não nos clubes (para valorizá-los), costuma ser ouvido por Tite no momento de decidir a lista final de atletas, o que, diante do que já se sabia e o que agora foi revelado pelo próprio dirigente, explica bastante coisa.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: