Advertisements
Anúncios

Kia Joorabchian está envolvido em todos os negócios internacionais do Corinthians

Alexandre Pato, Andres Sanches e KIa Joorabchian em jantar de negócios, em São Paulo

No Corinthians, para garantir o controle dos negócios – principalmente o destino dos comissionamentos, Andres Sanches instituiu o seguinte procedimento: as transações de jogadores realizadas em território nacional serão tocadas pelos agentes dos próprios atletas (limitados aos que habitualmente frequentam o gabinete presidencial), porém, no exterior, somente Kia Joorabchian, quase sempre através de Giuliano Bertolucci, tem autorização para atuar.

100% dos atletas vendidos ou comprados pelo Timão fora do Brasil tiveram ingerência, direta ou indireta, do iraniano.

A ligação do agente com Sanches é pública e notória, iniciada nos tempos de MSI, em 2004, aprofundada nas eleições alvinegras de 2007 (quando dinheiro de Kia teria bancado a campanha de Andres) e elevada ao status de “sociedade informal”, entre ambos, desde então.

Hoje, explicitamente, a dupla divide a mesma assessoria de imprensa, comandada pelo também empresário de atletas Olivério Junior.

Olivério Junior e KIa Joorabchian

Todos os outros agentes que fazem negócios com o Corinthians, inclusive os afamados Carlos Leite e Fernando Garcia, aceitam a imposição, que, ainda assim, por conta do pagamento de 30% de comissões (20% a mais da média do mercado brasileiro), acaba por ser lucrativa a todos os envolvidos.

Vale lembrar que logo após a chegada da MSI ao Timão, a neta do então presidente, Alberto Dualib, foi afastada dos negócios do marketing alvinegro – exatamente por imposição de conselheiros do atual grupo gestor – porque estaria cobrando 30% de comissão (com contrato assinado pelo clube) enquanto a média de mercado era 20% (diferença menor do que o praticado, nos dias atuais, pelo departamento de futebol).

Em ambos os casos, uma coincidência: o diretor de marketing dos tempos de Carla Dualib era o médico Jorge Kalil, que hoje é adjunto de futebol alvinegro, sem que se tenha notícias de oposição a nenhum destes comportamentos.

Para deixar claro, Joorabchian possui ingerência em 100% dos negócios do Corinthians, com jogadores, no exterior, o que não significa não atuar noutros, em solo nacional, conforme observa-se na movimentação de seu parceiro Bertolucci na categoria de base alvinegra.

Talvez a evolução patrimonial de Andres Sanches – investigada pela Justiça Federal, que antes de assumir a presidência alvinegra morava de aluguel em São Paulo, mas agora é até difícil, diante de tantas ramificações, de ser calculada, seja explicada pela provável sobra de 10% (é o que se especula no mercado) de cada 30% pagos aos intermediários com trânsito facilitado no Parque São Jorge.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: