Advertisements

Barroca completa um mês de Corinthians com dois negócios nebulosos nas categorias de base

Eduardo Barroca e Paulo Angioni

Recentemente, o Corinthians trouxe para dirigir a principal equipe de suas categorias de base, o Sub-20, o treinador Eduardo Barroca, que mantinha contrato com o Botafogo/RJ.

A fama do profissional nos bastidores da bola é tão boa quanto a de seu sócio na empresa Footlink Marketing Esportivo Ltda, o gestor de futebol Paulo Angioni, ex-MSI e Parmalat, atual dirigente do Fluminense.

Como era de se esperar, dois negócios bem estranhos, envolvendo Corinthians e Botafogo/RJ, ocorreram na última semana, encobertos pela atenção popular à Copa do Mundo.

O clube de Parque São Jorge contratou o zagueiro Caetano, reserva do sub-20 botafoguense, inclusive quando Barroca era treinador da equipe.

Depois, cedeu ao Botafogo o atacante Ramonzinho (19 anos), contratado menos de um ano atrás junto ao Nova Iguaçú/RJ, artilheiro sub-20 do Corinthians em 2018, com doze gols, nove deles no Campeonato Paulista, onde também liderava a contagem de bolas nas redes.

Alguém acredita, diante da evidente diferença de visibilidade entre a equipe carioca e a paulista, que o atleta aceitaria essa troca, de livre e espontânea vontade, a não ser sob promessa de acerto, ainda não revelado, que lhe fosse conveniente em transação futura (talvez até já concretizada, mas ainda não formalizada) ?

É só o começo.

Barroca, dois dias atrás, completou apenas um mês de Corinthians.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: