Advertisements
Anúncios

Kroos salva a Alemanha em momento histórico da Copa do Mundo

Com um gol magnífico de Kroos, aos 50 minutos do segundo tempo, a Alemanha virou uma partida dificílima contra a Suécia e, de quase fora, volta a ser favorita à conquista da Copa do Mundo 2018.

Um momento histórico.

Os alemães iniciaram a partida em ritmo alucinante, perdendo gols, jogando no campo de ataque, sem que os suecos sequer conseguissem tocar na bola.

Tudo indicava um massacre, mas, aos poucos, o panorama foi se transformando.

A eficiência foi se perdendo em meio ao desespero e a Suécia, absolutamente equilibrada, foi entrando no jogo.

Aos 12 minutos, Berg foi tocado por Boateng, dentro da área, no instante que marcaria o gol, mas a arbitragem e o VAR, estranhamente, omitiram-se.

Rudy, aos 24 minutos, foi atingido no nariz e deixou a Alemanha alguns minutos com dez jogadores, suficientes para o ímpeto da equipe esfriar.

Aproveitando-se disso, a Suécia cresceu e, aos 31 minutos abriu o marcador, com Toivonen recebendo a bola na área, dominando no peito e encobrindo Neuer, com enorme categoria.

Um golaço !

Os alemães descontrolaram-se ainda mais e facilitavam o contragolpe adversário.

No lance final antes da virada de jogo, aos 47 minutos, Neuer fez grande defesa em cabeçada de Borg.

As coisas mudaram na segunda etapa, porque a Alemanha manteve-se no ataque, mas demonstrava mais equilíbrio e menos afobação.

Logo aos 2 minutos, na pressão, Reus empatou a partida.

A Suécia marcava muito e dificultava a vida alemã, que precisava vencer de qualquer jeito para se manter com chances no torneio.

Após uma sucessão de gol perdidos, Boateng, aos 36 minutos, pegou um adversário por trás e foi expulso.

Ainda assim corajosa, a Alemanha se manteve toda no ataque, num sofrimento que parecia interminável, as vezes sendo freada por defesas espetaculares de Olsen, noutra pela trave, como em batida de Brant, aos 46 minutos.

Com absoluta justiça, aos 50 minutos, no último lance do jogo, Kroos bateu falta pela direita no ângulo cruzado oposto de Olsen, num gol monumental.

A Alemanha volta à Copa e precisa apenas vencer a fraca Coreia para seguir em frente no mundial, enquanto a Suécia, que respirava a próxima fase, somente se classificará se vencer ao surpreendente México, na partida final.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: