Advertisements
Anúncios

Jorge Kajuru mente ao dizer que recusa salário de vereador

Um dos lemas de campanha do agora vereador Jorge Kajuru, discurso este mantido após a posse, é o de que recusaria qualquer salário pago pela Câmara:

“Sou 100% voluntário”, costuma dizer.

Mentiu.

Kajuru já sacou mais de R$ 100 mil de maneira, aparentemente, dissimulada, ao realizar empréstimos consignados tendo seus vencimentos como vereador utilizados como garantia.

Abaixo, um de seus contracheques contendo descontos:

Ex-tomador de dinheiro do bicheiro Carlinhos Cachoeira (que será preso, novamente, por decisão do STJ), Jorge Kajuru, apesar do hábito da mentira, durante algum tempo conseguiu enganar muita gente na condição de “jornalista”.

Tornou agora a fazê-lo como político, com a população de Goiânia.

Evidentemente, é justo que Kajuru receba salários pelos serviços prestados, mas não que se promova, politicamente, através de promessas vazias e manipulação da verdade.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

3 comentários sobre “Jorge Kajuru mente ao dizer que recusa salário de vereador

  1. Rapaz, agora vc se enganou. Kajuru não disse que não recebe salário. Disse que recebe e doa para instituições de Goiânia. Portanto, é evidente que saca os seus vencimentos todo mes.

    Paulinho: A “instituição” que recebe o salário é a CAIXA, que emprestou dinheiro para ele pagar os caprichos diários

  2. Seus salarios são garantias ideais para empréstimos a juros menores. Seus patrocínios não. Pode ter passado os salarios para a Caixa como pagto dos empréstimos e feito doações em valores equivalentes com os recursos dos patrocínios. Jornalisticamente, o ideal é vc checar se houve ou não doações em valores iguais aos seus salarios. Se não houve ele mentiu de fato. Se houve, apenas tomou emprestimos.

    Paulinho: Não houve

  3. Boa tarde, Paulinho. O Sr já foi amigo do Kajuru?
    Li uma matéria de um blog do jornalista Cleuber Carlos, de 12 de junho de 2013, que em um trecho, diz;

    ”O Kajuru de hoje não é o Kajuru da Rádio Difusora e do esporte que marcou época em Goiás. Aquele Kajuru morreu. O Kajuru de hoje é uma pessoa má, egoísta, rancorosa, ingrata, sozinha. Sozinha porque traiu todos os amigos que um dia lhe estenderam a mão: Marcelo Rezende, Juca Kfouri, Datena, Galvão, Cleuber Carlos, Paulinho e etc. Todos se afastaram do Kajuru porque todos cansaram de estender a mão e receber tapa na cara.”

    Paulinho: Sim… Antes de saber, de fato, de quem se tratava

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: