Boicote o Starbucks

Por MARCOS AMERICANO

Em mais um exemplo de que o racismo predomina nos EUA, o Starbucks de Filadélfia chamou a polícia porque dois homens negros estavam sentados à mesa sem comprar nada. Eles estavam apenas esperando por um amigo, que chegou quando os dois estavam sendo levados, algemados, pela polícia.

Alguns dos fregueses chegaram a protestar que os dois não estavam fazendo nada. O episódio viralizou nas redes sociais.

Até o prefeito de Filadélfia reclamou. Disse que as pessoas se habituaram a ver o Starbucks não apenas como um lugar para tomar café, mas para encontrar amigos.

Se você – branco, preto, pardo ou amarelo – for contra o racismo, evite o Starbucks.

*MARCOS AMERICANO é Bacharel em Direito, leitor do Blog do Paulinho

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta para Boicote o Starbucks

  1. Na minha opinião não devemos generalizar, pois foi em uma das lojas. Sempre vejo pessoas de muitas nacionalidades trabalhando lá sem problema.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.