O rebento de Bolsonaro

Resultado de imagem para eduardo e jair bolsonaro

O deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do candidato a presidente Jair Bolsonaro, revelou, em troca de mensagens com a jornalista Patrícia de Oliveira Souza Lélis, o que costuma esconder publicamente:


BOLSONARO: “Sua otária! Quem você pensa que é? Tá se achando demais. Se você falar mais alguma coisa eu acabo com sua vida”
PATRICIA: “Isso é uma ameaça???”
BOLSONARO: “Entenda como quiser. Depois reclama que apanhou. Você merece mesmo. Abusada. Tinha que ter apanhado mais pra aprender a ficar calada. Mais uma palavra e eu acabo com você. Acabo mais ainda com a sua vida”
PATRICIA: “Eu estou gravando”
BOLSONARO: “Foda-se. Ninguém vai acreditar em você. Nunca acreditaram. Somos fortes”
PATRICIA: “Me aguarde pois vou falar”
BOLSONARO: “Vai para o inferno. Puta. Você vai se arrepender de ter nascido. O aviso está dado. Mais uma palavra e eu vou pessoalmente atrás de você. Não pode me envergonhar.”
PATRICIA: “Tchau”
BOLSONARO: “Vagabunda”
PATRICIA: “Resolvemos na justiça. É a melhor forma”
BOLSONARO: “Enfia a justiça no cú”


O comportamento, absolutamente agressivo, se deu porque a moça ousou negar relacionamento com o parlamentar, que havia anunciado a “união” em conta de facebook.

Por conta disso, a PGR denunciou o parlamentar:

“clara a intenção do acusado de impedir a livre manifestação da vítima, valendo-se de ameaça para tanto”

“Relevante destacar que o denunciado teve a preocupação em não deixar rastro das ameaças dirigidas à vítima alterando a configuração padrão do aplicativo Telegram para que as mensagens fossem automaticamente destruídas após 5 (cinco) segundos depois de enviadas.”

“Não fossem os prints extraídos pela vítima, não haveria rastros da materialidade do crime de ameaça por ele praticado.”

“A conduta ainda é especialmente valorada em razão de o acusado atribuir ofensas pessoais à vítima no intuito de desmoralizá-la, desqualificá-la e intimidá-la”

A atitude do rebento de Bolsonaro, absolutamente covarde e reprovável, provavelmente espelhada nos anos de convívio com um pai que não se constrange em estimular a prática da violência e doutras barbaridades correlatas, é o retrato do atraso que se aproveita de discursos populistas e nacionalistas, quase sempre sem verdade, para esconder a repulsividade natural dos que pretendem atingir o poder com objetivo de disseminar tamanha pobreza intelectual e de princípios.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

6 respostas para O rebento de Bolsonaro

  1. Andre disse:

    Essa infeliz tem transtornos e vc batendo palma pra maluco, que piada! Não acredita, veja o laudo psiquiátrico no inquérito em SP…

  2. Se tem o print da conversa você ainda está lambendo as bolas do rapaz?

  3. Filhos arrogantes. Imaginem o pai. Tem asno que irá votar nesse embuste.

  4. ivan tri mundial disse:

    paulinho, os bolsonaros não são flor que se cheire, mas essa “jornalista” não me parece uma pessoa normal

  5. Paulinho, cara te admiro muito por tudo que já fez, mas você veicular essa mentira já comprovada, isso foi uma fraude que qualquer criança de 8 anos consegue fazer, se passando por outra pessoa no telegram.
    Se informe melhor antes de replicar o que a imprensa comprada veicula, cara, sinceramente, não acreditei quando vi isso no seu blog, não me tenha como um critico, mas sim alguém que está te alertando do mico que você pagou, abraços, parabéns pelo trabalho.

  6. Como disse o Willian acima, também lhe admiro pelo seu trabalho, mas, vejo que vc sempre procura averiguar os fatos que coloca aqui. Já averigou esse? Já averiguou o histórico da suposta vitima? Você também vai fazer parte da campanha das mentiras como a maioria das midias inescrupulosas? Não vejo problemas em fazer campanha contra o Bolsonaro ou qq um, mas, tem de ser com verdades. Não sou eleitor do Bolsonaro, mas, não suporto como a esquerda usa mentira para ganhar votos. Perdeu ponto comigo, e provavelmente com muitos leitores, não por quem é o denunciado, mas, por entrar na vala comum dos jornalistas que usam mentiras para assassinar reputações.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.