São Paulo terá que pagar calote milionário à CET

Em julho de 2016, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) ingressou com ação de cobrança contra o São Paulo, que recusava-se, desde 2006, a pagar pelo serviço em dias de jogos do clube.

O calote foi calculado em R$ 11 milhões.

Na última terça-feira (03), o juíz Josué Vilela Pimente, da 8ª Vara de Fazenda Pública, julgou os valores procedentes.

Em sentença, alegou que é notório que o trânsito da região se modifica em dia de jogos e eventos realizados no estádio do Morumbi, justificando a cobrança, que engloba não apenas aumento de pessoal, mas também sinalizações, etc.

Os valores a serem pagos, atualizados até 2016, serão recalculados.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.