Advertisements
Anúncios

Somos uma casta de merda

Por XICO MALTA*

Sou branco com uma vida tranquila. Moro num bairro bom onde a polícia me olha com respeito. Não sofro discriminação social e muito menos racial.

Hoje, o assassinato de Marielle Franco foi mais um tapa nessa minha cara branquela.

O país em que eu vivo extermina a população negra. Coisa antiga.

A polícia que me respeita atira pra matar essa gente. Todos os dias.

Hoje foi a vez de uma batalhadora pelos direitos de seus pares.

Neste momento, estou andando livremente pelas ruas de meu bairro descolado, com medo de nada.

Marielle, não passo de um hipócrita. É tão fácil se solidarizar por aqui. É tão confortável essa indignação. Posso escrever mil coisas, mas a noite estarei no meu lindo quarto junto ao meu filho e minha companheira.

Me sinto um polonês de Varsóvia, em 1943, passando todos os dias perto do gueto, indignado ao lado de um SS que me respeita. No fim, serei apenas uma testemunha ocular de uma tragédia que não é minha.

Somos uma casta de merda.

*XICO MALTA é advogado, empresário e dono da web-rádio “Central 3”)

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

5 comentários sobre “Somos uma casta de merda

  1. Eu acho q tem muito mimimi, basta ver que a população brasileira é majoritariamente composta de pretos, pardos e outros, brancos são minoria, logo, existe mais soldado pm da mesma etnia, logo, se existe algum preconceito é entre eles mesmos, e essa vereadora, ao que tudo indica, foi morta pelo CV por desentendimento com quem a bancou e colocou no poder.

    O caso cristiane brasil ensina bem sobre isso.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: