Advertisements

O que a Prefeitura espera para cobrar R$ 100 milhões da IURD ?

A IURD, seita de fanáticos lideradas pelo ex-presidiário Edir Macedo, que se diz “Bispo”, é a maior devedora, em multas ambientais, da Prefeitura de São Paulo.

R$ 100 milhões (valor de 2014).

O grupo construiu, irregularmente, o “Templo de Salomão”, bingo de almas localizado no bairro do Brás, em área potencialmente contaminada, tornando-a, após a obra, imprópria à ocupação humana.

A Universal já ingressou com pedido de liminar para obstar a cobrança, indeferido pela Justiça, razão pela qual a pendência foi incluída na Dívida Ativa no Município.

Apesar disso, o Prefeito João Dória, em vez acelerar a cobrança, que deveria, também, vira acompanhada doutra ação, de demolição do edifício – ainda mais por conta do risco de contaminação, tem sentado com representantes dos devedores para angariar apoio político.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: