Advertisements
Anúncios

Códigos das urnas, auditados antes das eleições do Corinthians, seriam diferentes dos utilizados no pleito

Em decisão datada da última sexta-feira (09), o juiz Ulisses Augusto Pascolati Junior, do JECRIM, deferiu pedido do MP-SP para busca e apreensão de todo o material utilizado nas eleições do Corinthians (urnas, relatórios, computadores, etc).

O procedimento faz parte de ação promovida pelo dono da Kalunga, Paulo Garcia, após desentendimento com o candidato vencedor, Andres Sanches, a que ajudou a eleger, contra a empresa Telemeeting, responsável por organizar o pleito.

Em despacho, o magistrado atestou:

“(…) indícios da materialidade se verificam diante da disparidade entre os códigos gerados pelos arquivos essenciais à realização da eleição”

“(…) as afirmações expostas no pedido inicial são extremamente graves, ainda mais porque envolvem um dos maiores clubes do Brasil e que, por isso mesmo, não pode haver dúvidas sobre a lisura de seu pleito eleitoral”

Em resumo, o programa de computador auditado pelas chapas antes das eleições não foi o mesmo utilizado durante a votação.

Além da perícia no material apreendido, o Jecrim ordenou a instauração de inquérito policial, em que todas as partes envolvidas serão intimadas a depor.

Clique no link a seguir para ter acesso à íntegra da decisão:

JECRIM determina busca e apreensão de urnas das eleições do Corinthians

EM TEMPO: a Telemeeting diz a interlocutores reconhecer os erros apontados, mas que estes não influenciaram no resultado eleitoral

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: