Romário na CBF

Por enquanto, o único nome, entre os que tem sido ventilados pela mídia como prováveis candidatos à presidência da CBF, com respaldo moral para assumir a entidade, é o do Senador Romário, por conta do notório trabalho realizado na CPI do Futebol.

Seu corajoso relatório paralelo foi integralmente confirmado pelas investigações americanas.

A relação dos demais postulantes ao cargo é formada por gente alinhada às deploráveis práticas da cartolagem.

Inclusive o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, que, na primeira oportunidade, mesmo tendo antes criticado a Casa Bandida, correu para beijar as mãos de Marin e Del nero.

Apesar de ser o melhor nome, as chances de Romário são pequenas diante do atual sistema de votação da CBF, concebido para favorecer os amigos do Rei, amparado pela covardia dos clubes e na submissão corrupta das Federações.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.