Corinthians é acionado na Justiça por agentes de Gustagol

Na última terça-feira (05), os agentes do atacante Gustagol, certamente da piores contratações da história do Corinthians, ingressaram na justiça para cobrar calote do clube alvinegro.

R$ 1 milhão, referente a direitos de imagem, ou seja, salários disfarçados.

Por indicação de Andres Sanches, o Corinthians, com anuência do então diretor de futebol, Eduardo “Gaguinho” Ferreira, preposto do dirigente, acertou a contratação de apenas 45% de Gustavo, por R$ 4 milhões.

35% pertencem ao Criciúma e 20% ao Taboão da Serra.

O atleta assinou contrato até o final de 2020, recebendo quase R$ 200 mil mensais, que estão sendo pagos pelo clube (pelo visto, com atraso) para que jogue noutras equipes, como o Bahia, para onde foi emprestado recentemente.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.