Anúncios

Roberto Andrade estaria sendo chantageado por Fernando Garcia no Corinthians

Andres Sanches, Fernando Garcia e Paulo Garcia

Informações de bastidores dão conta de que o presidente do Corinthians, Roberto Andrade, estaria sendo chantageado pelo empresário Fernando Garcia para que facilite negociatas envolvendo seus atletas no Parque São Jorge.

As exigências seriam: antecipação de renovação de contratos e vendas de alguns atletas para o exterior.

Em ambos os casos, o objetivo de Garcia seria o de antecipar comissionamentos que teme perder em caso de mudança de grupo gestor no Corinthians, que pode vir a ocorrer em fevereiro de 2018, após as eleições.

Em 2010, Roberto Andrade ocupou a diretoria de futebol do Corinthians, inserindo o agente na vida do clube, porém, após desacordo comercial, a relação entre ambos quase partiu para vias de fato.

Num dos jogos do Timão, Fernando Garcia disse, com dedo em riste, ao então diretor, diante de diversas testemunhas:

“Você é bandido… seu eu abrir a boca te coloco na prisão”

Para a ESPN, em entrevista, questionado sobre “rolos” na negociação do jogador Ralf, novamente o agente detonou Roberto:

“Roberto de Andrade nunca honrou com a palavra. Mais do que isso, sempre escondeu que havia essa proposta. O Duílio [Monteiro Alves, direto adjunto à época] foi pelo menos homem e me mostrou a oferta. O Roberto, esse cidadão não tem honra para ser presidente do Corinthians. Um cidadão desse, vendedor de carro, se atreve a administrar um clube da grandeza do Corinthians, meu time de coração. Um cidadão que não sabe nem vender um carro importado, e quer colocar a bunda dele numa cadeira de um cargo de presidente do Corinthians. Inacreditável aos meus olhos e ao meu coração corintiano, para quem desde pequeno frequenta a arquibancada do Corinthians”.

“Não sei nem se ele é corintiano, nunca vi ele frequentando o Parque São Jorge. Ninguém nunca viu ele. Se você mostrar a foto dele no Parque São Jorge, ninguém sabe quem é. Ele se esconde na barra da calça do Andrés Navarro Sanchez. Ele não é p… nenhuma no Corinthians. É outra invenção ou piada do futebol brasileiro. Por isso que o futebol brasileiro anda nessa draga. Apanhando de 7 a 1”

Tempos depois, sob ordens de Andres Sanches, de quem é sócio, Fernando Garcia votou em Roberto Andrade nas eleições do Corinthians, garantindo, assim, a continuidade dos negócios.

As rusgas, porém, mantiveram-se, razão pela qual, temeroso em perder investimentos, o empresário estaria novamente atacando o atual mandatário alvinegro, ameaçando revelar seus desvios de conduta.

Vale lembrar que Fernando Garcia, investigado pelo MPF por associação criminosa, no caso das fraudes em registros de atletas da CBF, é irmão de Paulo Garcia, dono da Kalunga, que ensaia candidatura à presidência do Corinthians, em 2018.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: