Advertisements
Anúncios

Sócio de Andres Sanches, Prefeito de Duque de Caxias, ex-patrocinador do Corinthians, é afastado do cargo

O TRE-RJ cassou o diploma do Prefeito de Duque de Caxias/RJ, Washington Reis (PMDB), amparado na Lei de “Ficha Limpa”, afastando-o sumariamente do cargo.

Reis, enquanto deputado federal, cometeu crime ambiental, pelo qual foi condenado no STF, além de ser investigado por outros, de gravidade maior ou semelhante.

O Prefeito era parceiro comercial do ex-presidente do Corinthians, Andres Sanches, a quem conheceu no submundo da Câmara dos Deputados, em Brasília.

Recentemente, o clube firmou “convênio” no departamento de futebol com o Tigres/RJ, clube alugado por empresários (no qual despejou e recebeu jogadores, além de alocar o dirigente Fabio Barrozo, demitido do Timão, acusado de desviar jogadores da base com o conselheiro Mané da Carne), e também patrocínio na camisa com a obscura KLAR (chegou a falar até em “naming-rights), que depois, descobriu-se, eram negócios tocados por Washington Reis.

A condenação do ex-prefeito de Duque de Caxias pelo crime que o afastou do cargo é de sete anos e dois meses, a serem cumpridos em regime semi-aberto, além de multa correspondente a 67 salários mínimos.

O sócio de Andres Sanches comprou, irregularmente, terrenos que utilizou para construção de loteamento em Xerém, na Baixada Fluminense, em área de Preservação Ambiental, no entorno da Reserva de Tinguá, cortando, à margem da Lei, vegetação em encostas, realizando terraplanagem em beira de rio, desviando o curso da água, de acordo com a denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: