Anúncios

Bicheiros, futebol e apostas

Recibo de jogo de bicho em nome de A. da Sorte, atribuído a André Negão, apelidado na contravenção como “André da Sorte”

Não é de hoje, bicheiros encontraram no submundo dos bastidores do futebol ambiente confortável para a prática de lavagem de dinheiro, amparados pelo silêncio, omissão e, por vezes, medo de conselheiros de clubes que fingem nada saber.

A FOLHA, em reportagem de Sérgio Rangel, revela que os contraventores cariocas ingressaram, também, no mercado de apostas esportivas, situação que se já não ocorre, deverá, em breve, se espalhar por todo o país.

É aí que o perigo ao esporte se agrava.

Inúmeros são os relatos, mundo afora, inclusive no Brasil, de acerto de jogos para beneficiar determinado grupo de apostadores ou, em sentido contrário, favorecer quem banca a ilegalidade.

Principal clube do país em repercussão midiática, líder do Campeonato Brasileiro, o Corinthians é exemplo claro de que a atuação dessa gente, há muito, deixou de ser folclórica ou limitada apenas às equipes de divisões intermediárias.

O vice-presidente alvinegro, André Negão, se declara “ex-bicheiro”, embora existam diversos relatos que suas atividades não só continuam como foram ampliadas, incluindo agora administração de máquinas de vídeo bingo.

Sua prisão mais recente, por contravenção, se deu em 2011, quando já ocupava cargo na gestão Andres Sanches.

A categoria de base do clube, que também é objeto de aposta esportiva, ao menos nos sites internacionais, tem outro notório dirigente ligado ao Jogo de Bicho, Jacinto Antonio Ribeiro, o Jaça, que, sem constrangimento, recentemente ingressou na Justiça para cobrar, do Corinthians, comissão sobre a venda de Rosinei.

No Rio de Janeiro, o bicheiro Castor de Andrade, o mais famosos deles, chegou a levar o Bangu para a final do Brasileirão, mas depois, dependente do dinheiro da contravenção, o clube entrou em desgraça e nunca mais se recuperou.

Se já era inadmissível, por razões óbvias, clube de futebol ser tocado por bicheiros, agora, com a confirmação da participação destes em esquema de venda ilegal de apostas esportivas, torna-se primordial o afastamento dos contraventores de qualquer atividade ligada ao futebol, sob enorme risco de a agremiação se ver envolvida em escândalos dos quais será difícil, depois, se desvincular.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: