Tostão fala sobre o preposto de Alexandre Kalil no Atlético/MG

“O presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, que acumula a função de secretário do prefeito Alexandre Kalil, o que é ruim para o clube e para a cidade, demitiu o técnico Roger.

A alegação é a falta de resultados.

O Atlético-MG foi o primeiro colocado geral na fase de grupos da Libertadores, ganhou a primeira partida das quartas de final da Copa do Brasil e é campeão mineiro.

Vive um momento ruim no Brasileiro, que pode ser passageiro.

O elenco não é tão bom quanto falam o presidente e parte da imprensa.”

(Trecho da coluna de TOSTÃO, na FOLHA)

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta para Tostão fala sobre o preposto de Alexandre Kalil no Atlético/MG

  1. Bruno de Melo disse:

    Kalil e o atual presidente do Galo endividaram o clube de forma arrasadora. Hoje, o segundo clube que mais deve no Brasil, atras apenas do Botafogo. São dois muleques, que torcedor cego mesmo consegue venerar uns irresponsaveis como eles.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.