Advertisements

Ex-executivo da Globo, investigado pelo FBI, trabalhará para CBF e Corinthians no exterior

Marcelo Campos Pinto (Globo), Andres Sanches e Ricardo Teixeira

Revelamos, ontem, acordo firmado pelo Corinthians com a CBF, para que esta, a partir de 2019, com exclusividade, comercialize os direitos de televisão e internet de jogos do clube para o mercado exterior.

Acordo do Corinthians com a CBF para venda de direitos de TV é indecente

O agente responsável pela intermediação, trabalhando pelo Timão em representação da Casa Bandida, será o ex-executivo da Globo, Marcelo Campos Pinto, investigado pelo FBI como agente pagador de propina, enquanto dirigente da emissora.

Teriam sido beneficiados, entre os mais graúdos, os ex-presidentes da CBF, Ricardo Teixeira e José Maria Marin, além do atual, Marco Polo Del Nero.

Foi o ex-global que negociou, recentemente, as transmissões dos jogos da Seleção Brasileira para emissoras locais e também pela internet.

No Corinthians, apenas o ex-presidente Andres Sanches e seu braço direito Luis Paulo Rosenberg, ambos atuantes no marketing alvinegro após acordo que resultou no fim do processo de impeachment do atual mandatário, Roberto Andrade, teriam proximidade suficiente com Marcelo Campos Pinto para alinhavar esse tipo de negócio.

Enrolado nas investigações da “Operação Lava-Jato” por conta de atos ilícitos de seus dirigentes, o clube, neste acordo, será levado ao centro do furacão das investigações do FBI, que, se delações prometidas forem levadas à cabo, poderão resultar em prisão, e consequentes novas revelações, do ex-executivo global e seus recebedores diversos de vantagens indevidas.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: