Nota de repúdio da Federação Brasileira de Treinadores de Futebol às demissões de técnicos

Da FBTF

A Federação Brasileira de Treinadores de Futebol (FBTF) vem externar toda sua contrariedade e repulsa com os recentes acontecimentos que marcaram, mais uma vez, de forma equivocada, desrespeitosa e covarde as demissões de treinadores de futebol em nosso país.

A dispensa de treinadores se tornou um ato sistêmico no qual decisões são tomadas de forma irresponsável, acarretando em problemas  para o profissional, para o pai de família e, inclusive, para os próprios clubes, que acabam multiplicando seus custos anuais com treinadores.

Demissões de Vagner Mancini, Eduardo Batista, entre tantas outras nas quatro séries do Campeonato Brasileiro, não deveriam mais acontecer num futebol que pretende, um dia, voltar a ser o maior do mundo.

A FBTF continuará lutando pela aprovação da Lei Caio Júnior em Brasília e buscará, através de proposta à CBF, criar mecanismos de proteção nos regulamentos das competições para que os treinadores possam ter mais segurança para exercer suas funções.

Exigimos respeito !!!

José Mário de Almeida Barros

Presidente FBTF
Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

One Reply to “Nota de repúdio da Federação Brasileira de Treinadores de Futebol às demissões de técnicos”

  1. Vai me desculpar, mas isso é chororô de gente estupida. Treinador nenhum reclama d ganhar 300 mil por mês em um país que a média do trabalhador brasileiro é de menos de 2 salários. Isso porque o mercado deve ser livre, o clube paga quanto quer, uma empresa paga quanto quer. Se querem ficar mais em um clube, que olhe menos para o salário e mais para o contrato. Seja inteligente, feche um bom contrato antes de assinar. Mas o cara quanto vê o dinheiro fecha o olho e depois reclama. Hipocrisia é burrice junto.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.