Treinador do Irã atribuiu classificação ao Mundial à “Corinthians Connection”

Queiroz levou o Irã pela primeira vez na história a se classificar para duas Copas seguidas

“O Irã enfrenta sempre imensas dificuldades e obstáculos como parte financeira, infraestrutura, equipamentos. É preciso falar de uma curiosidade, que chamo de ‘Corinthians Connection’. Treinamos no clube para a Copa de 2014. Tivemos muito apoio. Curiosamente, quatro anos depois, Tite e Edu Gaspar formam a comissão técnica da primeira seleção a se classificar e a segunda foi o Irã. As duas primeiras seleções a se classificarem à Rússia formam essa conexão. No entanto, o que fundamenta esse sucesso é o talento e a entrega dos jogadores, sobretudo a grande paixão que o país tem pelo futebol.”

“Nós tivemos a oportunidade de estar em uma casa de campeões. Todos os que estiveram por lá tentaram tirar o melhor proveito. A conexão com o clube está no ar. É um orgulho para o Corinthians e para o futebol brasileiro que as duas comissões técnicas que tiveram a honra de se classificar mais cedo para a Copa estavam baseadas neste clube. Diria que esse espírito de campeão é simbolizada por um jogador que tive a oportunidade de conhecer, o Sócrates. Eu o recebi no Manchester United uma vez e ele me confidenciou que tinha o sonho de jogar na Inglaterra.”

(CARLOS QUEIROZ, treinador Português do Irã, segunda seleção classificada ao Mundial da Russia 2018, ao ESTADÃO)

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.