Anúncios

São Paulo recebe R$ 6 mil de presidente do MMT, após tentativa de interditar o Morumbi

Sergio Orlando Santoro

Em 2008, Sergio Orlando Santoro, presidente do MMT (Movimento Morumbi Total), ingressou com diversas ações contra o São Paulo, entre as quais uma que pedia a interdição do estádio para shows e eventos não ligados ao esporte.

A alegação era a de que existiria crime de “poluição sonora”.

Com o andamento do processo, o Tricolor realizou algumas adequações no estádio, levando o perito judicial a se posicionar pela improcedência do pedido, acatada pelo juíz Eduardo Tobias de Aguiar Moeller, da 2ª Vara Civil de Pinheiros.

Por conta da decisão desfavorável, Santoro foi condenado a pagar R$ 6 mil ao Tricolor, referentes às custas processuais.

No último dia 5 de junho, o depósito foi efetuado.

Apesar da derrota neste caso, não fosse pela mobilização do MMT (neste e noutros processos), o clube não teria ainda ligação de esgoto na SABESP, proteção acústica no Morumbi, adequação à mobilidade, entre outras mudanças.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: