Conselheiros do Palmeiras criticam Cuca por priorizar campeonatos

O Palmeiras enfrentará a Chapecoense com sua equipe reserva, logo mais, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

A escolha de Cuca por priorizar a Libertadores vem sendo criticada por diversos conselheiros palestrinos.

O argumento é de que o clube não pode dispensar premiações por resultados expressivos na Copa do Brasil, Brasileiro e Libertadores que, somadas, podem atingir valores próximos a R$ 80 milhões.

“É 1/4 do faturamento anual do clube com o futebol”, disse um destes conselheiros em conversa com o blog.

A pressão se dá também entre adeptos da gestão.

Em seu blog, Gilto Avallone, que é membro do COF palestrino, declarou:

“Há bônus também dos patrocinadores, da camisa que investiram uma enxurrada de dinheiro em contratações e as suas marcas tem que ser vitoriosas junto com a equipe, em todas as competições, não nos esquecendo do fornecedor de material esportivo.”

Os próximos resultados do Palmeiras serão decisivos para amenizar ou esquentar de vez o clima dos bastidores.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.