Anúncios

Obsessivos seguem a busca pelo poder a qualquer custo no Corinthians

Nos últimos dias, associados e conselheiros do Corinthians receberam material ilustrativo com as diretrizes governamentais de um grupo autodenominado “Corinthians Grande”, que tenta se vender como terceira via às eleições no Parque São Jorge.

Não são.

Em verdade trata-se do grupo “Corinthianos Obsessivos”, que há dez anos infelicita o clube, por ação e omissão, sempre ligados à gestão.

Ou seja, são de situação.

Entre as propostas, o ex-diretor de Andres Sanches, o empresário de jogadores Fernando Alba (que entrou no clube como dono de estacionamentos), diz que entre os objetivos principais está o de reformular as categorias de base.

Justamente Alba, que, em seu mandato no setor, não só manteve os esquemas vigentes (com prepostos de Sanches) como “profissionalizou” a casa de tolerância, elencando dois ou três grupos de empresários favoritos que trataram de fatiar as principais promessas alvinegras.

Mostrando ainda a falta de coragem de romper com Andres Sanches, publicamente (embora alguns, nos bastidores, alegam te-lo feito), os “obsessivos” dizem não ver problemas em que ele se junte ao grupo, que, em verdade, nunca dele se separou, sob o argumento: “ele fez muitas coisas boas para o clube”.

A PF certamente discorda.

Um dos líderes, o Dr. Felipe Ezabella, segundo informações, apesar de contrariado com Roberto de Andrade (atual presidente), prestou serviços ao jogador Elias, quando este ainda era jogador alvinegro (inclusive, orientando-o em possíveis litígios contra o clube).

Mas nada se compara à lealdade do desfrutável Dr. Sergio Alvarenga, que defende caninamente, mais do que a figura de Andres Sanches, seus deploráveis atos, em desfavor não apenas do Corinthians, mas, como deputado federal, de toda uma nação.

Os Obsessivos (espécie de PMDB do Parque São Jorge), sequer ousaram repetir o nome anterior (absolutamente queimado) numa chapa que agora tratam como “Corinthians Grande”, porque estão há mais de dez anos dando aval aos desmandos e, talvez, crimes de gestões da qual participaram ativamente.

Dissimulados, com discurso “camaleônico”, disfarçados de uma moralidade que não possuem, seus membros tem como objetivo único manter-se no poder, a qualquer custo, sob qualquer promessa.

Confira, no link abaixo o plano de governo enviado pelo “Corinthians Grande” (Corinthianos Obsessivos) aos associados do clube:

Corinthians Grande – Programa de Governo (obsessivos)

Anúncios

Uma resposta to “Obsessivos seguem a busca pelo poder a qualquer custo no Corinthians”

  1. tavares41 Says:

    O Programa parece b em feito!!!!!!!!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: