Advertisements

São Paulo vence ex-Polegar Rafael Ilha na Justiça

Em 2013. o ex-Polegar Rafael Ilha ingressou com ação judicial contra o São Paulo, alegando que o clube, por discriminação, não estava aceitando-o como associado.

Disse que frequentava as dependências do Tricolor desde garoto (como dependente de sua mãe), que ficou inadimplente por certo período, acertou a pendência, mas, mesmo em dia com os pagamentos, o clube não permitia seu ingresso nas dependências do Morumbi.

O São Paulo respondeu que os valores pagos eram referentes à débitos do título da mãe de Rafael, e que este, agora como titular, deveria passar pela aceitação do Comissão de Sindicância, que recusou a associação, após análise da ficha criminal.

Em primeira instância, a Justiça acolheu o pedido do ex-Polegar, obrigando o Tricolor a exibir todos os documentos citados na ação, tendo ainda que justificar a recusa em aceitá-lo como sócio do clube.

Dias depois, o São Paulo recorreu, e venceu.

Acordão da 6ª Câmara do TJ-SP diz que o clube tem o direito, sobre critérios próprios, de aceitar ou recusar os membros que deverão fazer parte de seu corpo associativo.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: