Anúncios

CBDA, CBF e COB

(trecho da Coluna de JUCA KFOURI, na FOLHA)

Não é que pescaram o ex-presidente da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos Coaracy Nunes por corrupção com dinheiro público?.

Pescaram e puseram no aquário, presinho da silva.

Já não era sem tempo depois de ele assumir a CBDA em 1988 em nome da alternância no poder e ficar no posto até outubro de 2016, quando foi afastado pela Justiça.

Faça as contas, ou melhor, deixe que sejam feitas aqui, porque são nada (sem trocadilho) menos de 28 anos no poder.

A operação Águas Claras da Polícia Federal não poderia ser mais cristalina e enche de esperanças quem sabe que a CBDA é peixe pequeno perto da CBF e do COB, a primeira espertamente com pavor de dinheiro público, porque dele não necessita, e o segundo um escoadouro nebuloso do seu, do meu, do nosso suado dinheirinho.

Corrupção se faz, no entanto, com quaisquer dinheiros e é aí que entram o FBI, a Justiça americana e a suíça para demonstrar como a Fifa, a Conmebol e a CBF se esbaldam em tenebrosas transações há décadas de desfaçatez e impunidade.

Para demonstrar cabalmente que a Terra é redonda e se move o “Jornal Nacional” repercute o que tantos veículos impressos e na internet há anos denunciam: há mais do que algo de podre nos reinos de Zurique, sede da Fifa, do Rio de Janeiro, sede da CBF e do COB, e de Assunção, sede da Conmebol, a Confederação Sul-Americana de Futebol, no Paraguai.

Resta esperar que as autoridades brasileiras não esperem as improváveis saídas das fronteiras do país de cartolas como o ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, e do atual, o Marco Polo que não viaja, ambos temerosos de terem o mesmo fim de José Maria Marin, em prisão domiciliar em Nova York à espera de julgamento que vem tentando driblar sem sucesso.

Dizem na Fifa em seu desesperado esforço de aparentar novos tempos, tempos de limpeza, que só Marco Polo, entre os citados pelo FBI, segue no poder no futebol mundial.

Cabe às autoridades do patropi pôr fim ao privilégio.

Como cabe lembrar que o COI também se dispôs à limpeza, mas seu presidente fugiu de voltar ao Brasil com medo da polícia.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: