Tite, o desembargador e a geladeira aberta

geladeira-aberta

No intervalo da partida entre Corinthians e Santos, disputada ontem na Arena em Itaquera, o treinador da Seleção Brasileira, Tite, chegou às lágrimas ao ser reverênciado, com justiça, pela torcida do Timão.

“Olê, Tite”, gritavam.

Ao seu lado estava o diretor de futebol do clube, Flavio Adauto, com o celular ao ouvido, certamente sendo informado que as imagens estavam sendo transmitidas para todo o país.

De repente, Tite decide sentar-se no lado direito do camarote, mas um enlouquecido desembargador, conselheiro do Corinthians, em sua tradicional compulsão pelas câmeras, corre do lado oposto, puxa-o pelo braço, leva-o até onde estava sentado e lhe dá um longo abraço, garantindo a exposição que tanto almejou na tela dos canais Premiere, da Rede Globo.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.