Gestão compartilhada do Corinthians reedita sistema “coxinha” e “esfiha” no Parque São Jorge

Paulo Garcia, Rachid e Roberto Andrade

Paulo Garcia (dono da Kalunga), Rachid e Roberto “da Nova” Andrade, a nova cúpula gestora do Corinthians, ontem, durante jantar na capital paulista

Trabalhando intensamente no intuíto de derrubar a possibilidade de impeachment do presidente do Corinthians, Roberto ‘da Nova” Andrade, o novo Secretário Geral do clube, Antonio Rachid, vem reeditando o velho sistema “coxinha” e “esfiha”, prática da gestão Dualib, no Parque São Jorge.

Diariamente, pequenos grupos de conselheiros alvinegros, tanto favoráveis quanto contrários ao afastamento, estão se reunindo com a diretoria para, entre comes e bebes, receberem as explicações do mandatário alvinegro.

Rachid é funcionário do empresário Paulo Garcia, na Kalunga, que indicou também outros dois dirigentes que compõem a gestão de Andrade: Emerson Piovesan (financeiro) e Flávio Adauto (futebol).

Uma espécie de administração compartilhada, sabe-se lá com quais objetivos futuros.

paulo-garcia-andres-dualib-roberto-e-negao

Paulo Garcia, Andres Sanches, Alberto Dualib, Roberto Andrade e André Negão

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.