Farra dos ingressos no Corinthians: treinador palmeirense seria cambista de diretor do clube

Thiago Amorim

Thiago Amorim

Ontem, o Blog do Paulinho foi procurado, mais uma vez, por pessoas denunciando conselheiros do Corinthians envolvidos em esquema de venda de ingressos da Arena em Itaquera.

O procedimento é o habitual: recebem entradas gratuítas ou a preços promocionais, repassam para terceiros (em consignação), efetivando a prática do cambismo.

Por vezes, vendem até mais barato do que os valores cobrados em bilheteria.

Dizem os denunciantes:

“(…) tem um funcionário de nome Thiago Amorin que manda no departamento (Chute Inicial) e além disso está vendendo ingresso do Corinthians para os pais… agindo de má-fé”.

“No último jogo ele vendeu ingresso mais barato do que o valor (da bilheteria) e disse que ‘não tinha problema’ porque os chefes dele concordavam com o cambismo… que dentro do clube vários conselheiros fazem isso…”

“O chefe dele é o Roberto Toledo, que também tem esquema com Edson Sesma e o Ricardo Gomes, que subiu de cargo no clube graças á safadeza dessa Diretoria”.

“Ontem várias mães falaram que o Thiago Amorim é palmeirense… fui verificar, e é mesmo, sócio ativo do AVANTI, ou seja, funcionário do Corinthians e palmeirense…”

“Te mando foto dele no facebook e que um de seus amigos pergunta: “E ai, Thiago Amorim, virou corinthiano ?”… além disso, observe no item “curtidas” de página dele, só tem símbolos do Palmeiras”

“O nome completo dele é “Thiago Jerônimo Vilela de Amorim”.

O tempo passa, as práticas continuam e ninguém no clube parece estar interessado em resolver.

thiago-amorim-2

thiago-amorim-1

Resposta de THIAGO AMORIM:

Eu, THIAGO J. V. DE AMORIM, venho por meio deste expor o que abaixo segue:

Foi veiculado em seu blog no dia 10 de novembro de 2016, matéria com o seguinte destaque: “Farra dos ingressos no Corinthians: treinador palmeirense seria cambista de diretor do clube”.

Alega a citada matéria que teve acesso a seguinte denúncia em meu nome:

“(…) tem um funcionário de nome Thiago Amorim que manda no departamento (Chute Inicial) e além disso está vendendo ingresso do Corinthians para os pais… agindo de má-fé”.

“No último jogo ele vendeu ingresso mais barato do que o valor (da bilheteria) e disse que ‘não tinha problema’ porque os chefes dele concordavam com o cambismo… que dentro do clube vários conselheiros fazem isso…”

Tal alegação não possuí fundamentação alguma, sendo leviana e irresponsável, pois alegam e nada provam, demonstrando nitidamente o objetivo de macular a minha imagem. Ataques gratuitos e acusações inverídicas, devem ser rigorosamente reprimidas; visando à reparação e restauração da verdade.

Trabalho no clube há 3 anos e exerço o cargo de Coordenador Pedagógico da Rede Licenciada Chute Inicial. Minha função é qualificação e rankeamento de unidades; planejamento de eventos como viagens, clínicas, avaliações, competições e indicações de atletas para categorias de base; concurso para contratação de profissionais; curso teórico e prático para professores e coordenadores; criação do sistema de avaliação e critérios de observação técnicos e táticos; palestra para pais, professores e alunos.

Portanto, não faz parte do meu trabalho nada que envolva a venda ou comercialização de ingressos. Tal alegação além de infundada é desprovida de qualquer vinculação com a realidade, criando uma situação delicada e constrangedora.

Trabalho com crianças e adolescentes, sempre levando meu trabalho com total responsabilidade e seriedade, tal matéria, inclusive com foto de meus alunos (menores de idade), é de extrema gravidade. Jamais me envolvi em qualquer problema ou situação desta natureza, sempre zelando pelo bom cumprimento do meu trabalho.

Solicito, por gentileza, a retirada da citada matéria, por questão de justiça, uma vez que a mesma possuí alegações sem qualquer tipo de prova, o que causará danos irreparáveis.

São Paulo 10 de novembro de 2016.

THIAGO J. V. DE AMORIM.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.