Ronaldo Giovanelli, Neto e o impeachment de Roberto Andrade

ronaldo-neto-e-andre-negao

Os comentaristas da BAND, Ronaldo Giovanelli e Neto, ambos ex-jogadores do Corinthians, vociferam, há semanas, pela tela da emissora e também nas mídias sociais, pelo impeachment do presidente alvinegro Roberto “da Nova” Andrade, que ajudaram a eleger.

Se isso ocorrer (e há fatos para tal), o novo presidente do Timão será o ex-bicheiro André Luiz de Oliveira, vulgo André Negão, primeiro vice-presidente, amigo dos dois.

Diz o estatuto:

Art. 106 – Vagando-se o cargo de Presidente, por morte, renúncia ou cassação de mandato, assumirá o primeiro vice-presidente da Diretoria, ou na sua ausência, o segundo vice-presidente da Diretoria, devendo ser convocado o CD para novo Presidente até o término do mandato, salvo se faltar menos de seis meses para findar-se o referido mandato”

Ronaldo chega a dizer: “Cadê os conselheiros?” tentando induzir ao erro os seus desavisados e mal informados fãs.

O Conselho do Corinthians, por conta do agora abolido sistema de “chapão” (utilizado como cabresto eleitoral) é formado, em grande maioria, (cerca de trezentos nomes entre trezentos e tantos) por adeptos das gestões Andres, Roberto e Gobbi, que infelicitaram e infelicitam o clube há quase uma década.

“Os conselheiros estão na BAND e nunca comparecem às reuniões do Conselho”, disse conselheiro vitalício alvinegro, em conversa com seus pares, no Parque São Jorge.

E é verdade.

Marotamente, Ronaldo e Neto nunca citam que, além de terem trabalhado como bocas de urna para Roberto nas última eleições, seja na BAND ou no BAND Sports, o fizeram presencialmente no Corinthians, com proximidade tal que elegeram-se, pela chapa dele, conselheiros do clube.

“Neto Presidente”, chega a dizer Ronaldo, com a sinceridade de quem, nas últimas eleições, pediu voto para Marcelinho Carioca, ressaltando suas qualidades:

Nos últimos tempos, com o barco do grupo que representa a diretoria do Corinthians afundando nas águas da Lava-Jato, não apenas eles, mas outros semelhantes, que acreditam num surto de amnésia coletiva no Parque São Jorge, tem se comportado como o apóstolo que negou Jesus Cristo, segundo a Bíblia, em três oportunidades.

Ronaldo Giovanelli e Neto estiveram juntos, politicamente, com Andres Sanches, André Negão, Roberto Andrade, Mario Gobbi e todos os demais, por longos nove anos (dentro do clube, desde o tempo de jogadores, há mais de duas décadas)… somente agora descobriram que faziam coisas erradas ?

Dos que não possuem microfone, e, em consequencia, aparecem menos para o público (nos erros e acertos) há outros nomes a destacar, entre Heróis fajutos e blogueiros que vendiam o teclado para representantes do submundo, que exemplificaremos na figura doutro apoiado por eles, o “arrependido” Raul Corrêa da Silva.

O ex-diretor financeiro, que hoje, com a ajuda e subserviência do fundador da Camisa 12, Claudio Villa Maria, espécie de “segurador de bolas” oficial, posa de bom moço, de sujeito indignado, antes de ser chutado da gestão, foi indiciado, três vezes, por sonegação fiscal no exercício de seu cargo no Corinthians.

Para que possamos ter noção do grau de escárnio, a mesma empresa que auditava as contas do Corinthians nas gestões que participou (que tem proprietário ligado a Corrêa), todas com problemas na justiça, o faz agora com as do Arena Fundo (gestor do estádio), que, em tese, se contrapõem aos interesses do clube.

Além disso, são de Raul Corrêa as assinaturas mais presentes em TODOS os contratos da Arena de Itaquera, dando aval aos desvios de conduta dos ex-presidentes que agora combate.

É fato que Roberto “da Nova” Andrade merece sofrer afastamento, assim como é verdade, também, que os antecessores, por motivações ainda mais graves, principalmente Andres Sanches, mais do que isso, parecem às portas da cadeia.

Todos os atos dessa gente, alguns deles tratados pela PF como ilícitos, eram conhecidos tanto de Ronaldo, como de Neto, Raul, etc.

Por isso, é factível desconfiar, desde sempre, das razões de indignações, e, principalmente, de sugestões elencadas pelos que refastelaram-se na fartura (de todas as maneiras possíveis), mas depois, com o final da bonança tratam agora de morder as mãos que os alimentavam.

ronaldo-conselheiros

Abaixo, lista de conselheiros eleitos pela chapa “Renovação e Transparência”, que apoiavam Roberto Andrade (verifiquem os nomes de Neto e Ronaldo nas posições “106” e “173”)

Clique para acessar o trienal.pdf

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.