Advertisements
Anúncios

Coluna do Fiori

fiori - dicunto

FUTEBOL: POLÍTICA, ARBITRAGEM E VERDADE

Fiori é ex-árbitro da Federação Paulista de Futebol, investigador de Polícia e autor do Livro “A República do Apito” onde relata a verdade sobre os bastidores do futebol paulista e nacional.

http://www.navegareditora.com.brEmail:caminhodasideias@superig.com.br

apito limpo

“Não sou aquele que sabe, mas aquele que busca”

Hermann Hesse – foi um poeta, romancista e ensaísta alemão

—————————————————————–

Trombada

1

Fosse ao meu tempo de associado do SAFESP, extremamente participativo, tanto Arthur Alves Junior, quanto seus denunciantes, não teriam o mole que estão tendo, vez que, sem qualquer temor, constantemente, colaria na orelha dos mesmos, exigindo esclarecimentos, se não o fizessem, certamente, o bicho ia pegar e feio

Espantoso

O não surgimento de um associado que tenha a bravura de exigir clareza, principalmente, por parte do presidente sobre as denúncias que lhe são imputadas, me faz reportar acontecimentos ocorridos na minha época e, expressa que:

“Queremos garantir nossas escalas. A moral, dignidade e probidade! Que se fodam”

Dono

Não tendo quem o enfrente, Arthur Alves Junior faz o que bem entende na administração da entidade, dentre estes, como não tem atividade profissional que possa justificar seus ganhos, provavelmente, retiraria os valores do seu sustento dos cofres da entidade, se assim o faz, mesmo não conhecendo o teor, acredito que ele esteja contrariando o estatuto

Lava Jato

Por estas e outras circunstâncias é Urgente que a parte decente e independente do MP inicie verificação sobre as administrações da CBF, federações, clubes e entidades representativas de classe, como principais, as entidades dos árbitros de futebol

————————————————————————

Partidas da Série A do Brasileirão 2016 – 29ª Rodada

29ª Rodada – Domingo 09/10

Flamengo 3 x 0 Santa Cruz

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA-MG)

Item Técnico

Deixou de sinalizar e inverteu uma e outra jogada faltosa, por ter confirmado, compactuou com um erro de cada assistente quando da sinalização de impedimento

Item Disciplinar

Advertiu, corretamente, com cartão amarelo: o flamenguista Alan Patrick; como também, o atleta Allan, defensor da equipe pernambucana.

Ressalto que:

– corretamente, por reincidência, pouco a frente, o santa-cruzense Allan recebeu o segundo amarelo, seguido do vermelho

—————————————————————————

30ª Rodada – Quarta Feira 12/10

Santa Cruz 2 x 4 Corinthians

Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (CBF-2-RJ)

Item Técnico

Poucos senões

Item Disciplinar

Os corintianos Willians e Marquinhos, assim como, Hueglo, defensor da equipe mandante, foram corretamente advertidos com cartão amarelo

No todo

Trabalho aceitável dos representantes das leis do jogo

Quinta Feira 13/10

Fluminense 1 x 2 Flamengo

Árbitro: Sandro Meira Ricci (FIFA-SC)

Árbitro Assistente 01: Emerson Augusto de Carvalho (FIFA-SP)

Árbitro Assistente 02: Marcelo Carvalho Van Gasse (FIFA-SP)

Item Técnico

Avaliarei somente o lance que gerou muito bate-boca entre os atletas com Sandro Meira Ricci, como também, com o assistente 01.

Explico:

– Após a redonda ter sido cruzada do lado esquerdo do ataque do Fluminense para o interior da área flamenguista, Via TV, se observa uns três ou quatro defensores do Fluminense na posição de impedimento;

– Na descendente, eles sobem para cabecear, este tentar, a bola passou; o cabecear que mandou a redonda profundo da rede, foi proporcionado pelo atacante Henrique

– Sandro Meira Ricci, estava colocado na meia lua, de frente, com olhar fixo no lance, já, que, a linha de impedimento foi de total responsabilidade do assistente 01

Acertou

No momento que Henrique colocou a cabeça na bola, acertadamente, Emerson Augusto de Carvalho, assistente 01, esticou o braço e, com a bandeirinha bem ao alto, sinalizou impedimento,

Querela

Ao perceber que o assistente houvera sinalizado impedimento, Henrique e confrades correram em direção do mesmo para contradizer

Diálogo

Sandro Meira Ricci se aproxima do assistente 01, trocam palavras; sequencialmente, assumiu o fato, apontando o centro de campo, indicando que o gol foi validado

Recuou

Assim que indicou o centro do campo, o politiqueiro e assoprador de apito, pressionado pelos flamenguistas, voltou atrás, anulando o que houvera dito ter sido legal

Item Disciplinar

Profundamente lamentávellllll!

Picadeiro

Este foi mais um dentre os muitos e burlescos provar da “independência e capacidade” dos componentes da CA-CBF

————————————————————-

Politica

‘Novo animal da criminologia’

2

Em depoimento à Comissão Especial que analisa as dez medidas de moralização dos Poderes, o delegado aposentado da PF Jorge Barbosa Pontes, que se formou no FBI e atuou na Interpol, disse que a corrupção do Brasil não é só gigantesca como também criou uma nova modalidade de crime ou, nas palavras dele, “um novo animal da criminologia”. Em vez de “crime organizado”, aqui se tem “crime institucionalizado”, uma classificação perfeitamente compatível com a expressão usada pelo ministro do Supremo Celso de Mello para definir os desmandos revelados pela Lava Jato: “delinquência governamental”.

O delegado explicou a diferença entre esse “novo animal” e o crime organizado tradicional: um, o “organizado”, é praticado por grupos de pessoas; o “institucionalizado” é comandado pelo “núcleo do poder”, no Planalto e na Casa Civil, por exemplo, “e não usa armas, mas o Diário Oficial”. Lula, aliás, é três vezes réu.

O presidente e o relator da comissão, Joaquim Passarinho (PSD) e Onyx Lorenzoni (DEM), querem discutir o parecer final no início de novembro e a semana que vem será animada. A comissão ouvirá o ministro Alexandre de Moraes (Justiça) na segunda-feira, terá depoimentos todos os dias e chegará a cem depoentes sobre as dez medidas apresentadas por procuradores e subscritas, agora, por três milhões de brasileiros.

Só esse número comprova o quanto a sociedade está exausta de desvios milionários e onipresentes. Como disse o ministro do STF Luís Roberto Barroso ao Estado, “onde você destampa tem alguma coisa errada”. Ele não citou, mas bem poderia ter citado a Petrobrás, a Casa Civil, Fazenda, Planejamento, Minas e Energia, BNDES, Correios, Carf (o conselho revisor de decisões da Receita), fundos de pensão e vai por aí afora. Destampou, achou.

Também participaram da sessão da comissão na terça-feira duas representantes da chamada “sociedade civil”, Ana Paula Sayão e Rosa Richter, e elas, assíduas no acompanhamento dos trabalhos, dizem que se surpreenderam com o ritmo frenético da Câmara e com a seriedade de parlamentares que estão de fato envolvidos na aprovação das propostas. O Congresso, visto de dentro, é menos horripilante do que aparece na mídia…

Eis as 10 propostas: “testes de integridade” em agentes públicos; criminalização do enriquecimento ilícito e do caixa 2 de campanha; transformar corrupção em crime hediondo; apressar penas e prisões em crimes comprovados; rapidez também nas ações de improbidade; acabar a prescrição ou ampliar prazos; redução das nulidades penais; prisão preventiva para evitar evasão do fruto do roubo; devolução do dinheiro desviado.

A questão do foro privilegiado para político fica fora, porque exige Emenda Constitucional e poderia atrasar a aprovação do pacote. Mas podem ser incluídas duas medidas pelas quais se bate Rubens Bueno (PPS): aposentadoria para juízes afastados por corrupção e mais rigor com os aditamentos em obras públicas, um ralo do dinheiro público.

Uma curiosidade: enquanto a comissão da corrupção se reunia, o plenário guerreava para incluir no projeto de repatriação de recursos a permissão para que familiares de políticos possam aderir e se beneficiar da lei. Dureza, não?

Eliane Cantanhêde – jornalista e colunista do Estadão

————————————————————

Finalizando

“Num estado democrático existem duas classes de políticos: Os suspeitos de corrupção e os corruptos”

David Zac – pensador

————————————————————–

Chega de Corruptos e Corruptores

Se liga São Paulo

Acorda Brasil

SP- 15/10/2016

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: