Vitória na arbitragem sobre a WTorre é feito notável da gestão Paulo Nobre

6d627-paulonobre

Se o presidente do Palmeiras queria deixar uma marca notável para sua gestão, conseguiu ontem após a vitória, histórica, sobre a WTorre, construtora da Arena Palestra, em embate de arbitragem na FGV.

Talvez seja das maiores conquistas palestrinas em seus mais de 100 anos de existência.

Nobre não apenas gerou incalculável lucro aos cofres palestrinos, que seriam jogados no bolso da construtora durante longos trinta anos, como obrigará a WTorre a desembolsar ainda mais, executando reformas necessárias para adaptar o estádio aos padrões exigidos pelas normas da FIFA.

Comprovou-se, ainda, o quão era desastroso o acordo inicial, assinado por gestores anteriores, com poucos e corajosos opositores, que trazia benefícios irrestritos aos “parceiros”, alguns indecentes (como era o caso da venda de cadeiras), enquanto o Palmeiras, dono da marca, do prestígio e dos imóveis ficava relegado a quase comissionado no negócio.

A grande luta agora, que deverá ficar para o próximo presidente, será o de obrigar a WTorre a realizar as adequações orientadas pela arbitragem, levando-se em consideração que a empresa sequer conseguiu ainda pagar os empréstimos que efetuou para erguer o estádio, e, acossada pela “lava-jato”, não está com dinheiro, nem crédito, sobrepujantes.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.